Contribuições para a educação de José Carlos Mariátegui

Marcela Andresa Semeghini Pereira

Resumo


A presente pesquisa apresentou as principais contribuições à educação do intelectual e jornalista peruano José Carlos Mariátegui. Inicialmente fez-se uma breve cronologia de sua vida, posteriormente apresentou-se o contexto da América Latina entre os anos de 1918 a 1923, quando iniciou os escritos e a militância na educação. Explicitou um interesse enfático com a educação dos trabalhadores, não apenas pela construção de uma democracia andina, mas também como meio de proporcionar uma ação consciente das massas populares na luta pelo socialismo. Mariátegui também destacou que a aprendizagem é um processo para toda a vida, portanto a formação integral do indivíduo não se alcança nos primeiros anos de vida, o aprender pessoal apenas se esgota no final da vida. Referente ao método informou-se as três ideias pedagógicas centrais no tipo de educação não formal proposta pelo Amauta que são a estratégia pedagógica da conversação, rol mediador do docente e prática da contradição cognitiva. O autor nos faz refletir sobre o que implementar para criar uma escola que faça com que o conhecimento chegue até os trabalhadores/proletário, camponeses, pobres, negros etc, sendo um dos maiores desafios dos profissionais da educação hodierna. A orientação teórico-metodológica destes apontamentos compreendeu o materialismo histórico dialético, estabelecendo uma conexão com o conhecimento teórico e a realidade histórica objetiva.


Palavras-chave


Educação dos Trabalhadores; Mariátegui; Materialismo Histórico

Texto completo:

PDF/A

Referências


BELLOTTO, Manoel L.; CORRÊA, Anna Maria M. Introdução. In: Mariátegui. Organizadores BELLOTTO, Manoel L.; CORRÊA, Anna Maria M. São Paulo: Ática, 1982.

ESCORSIM, Leila. Mariátegui: Vida e obra. São Paulo: Expressão Popular, 2006.

FREITAS NETO, José Alves de. A reforma universitária de Córdoba (1918): Um manifesto por uma universidade latino americana. In: Revista Ensino Superior Unicamp. Disponível em: http://www.gr.unicamp.br/ceav/revistaensinosuperior/ed03_junho2011/pdf/10.pdf. Acesso em: 17 jun. 2016.

INDACOCHEA, Carlos Rubianes. Tres estratégias pedagógicas de José Carlos Mariategui para La educacion no formal de jóvenes y adultos – y adolescentes trabajadores. In: Algunas notas sobre estratégias pedagógicas mariateguistas. Disponível em: http://www.pacarinadelsur.com/images/stories/pdf/mariategui3.pdf. Acesso em 06 jun. 2016.

JESUS, Antônio Tavares de. Educação e Hegemonia: no pensamento de Antônio Gramsci. São Paulo: Cortez. Campinas: Editora da Universidade de Campinas, 1989.

MARIÁTEGUI, J. C. Sete ensaios de interpretação da realidade peruana. São Paulo: Alfa-Omega, 1975.

_____. Sobre educação. Seleção e tradução de Luiz Bernardo Pericás. São Paulo: Xamã, 2007.

OLIVEIRA, Dalila Andrade; AZEVEDO, Mário Luiz Neves de. A atualidade dos ensinamentos da reforma de córdoba (1918) – Ou qual a herança de Córdoba nas Reformas Atuais. Disponível em: http://biblioteca.clacso.edu.ar/ar/libros/grupos/reforAboit/08oliaze.pdf. Acesso em 17 jun. 2016.

PERICÁS, Luiz Bernardo. Mariátegui e a questão da educação no Peru. In. Lua Nova, São Paulo, 68, p. 169-204, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ln/n68/a07n68.pdf. Acesso em 08 jun. 2016.

ROCA, Deodoro. La juventud argentina de Córdoba A loshombres libre de Sud América. Manifiesto de La F.U. de Córdoba. Disponível em: http://www.reformadel18.unc.edu.ar/manifiesto.htm. Acesso em: 24 jun.2016.




DOI: https://doi.org/10.5007/1806-5023.2019v16n1p331

Direitos autorais 2019 andresa semeghini pereira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Em Tese, revista do PPGSP da UFSC, Brasil, ISSNe 1806-5023

Licença Creative Commons
Revista licenciado pela Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.