Weber e o conceito de mercado: contribuições para uma interpretação da atualidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1806-5023.2021.e74184

Palavras-chave:

Max Weber, Mercados, Sociologia

Resumo

O artigo explora as contribuições teóricas de Weber para o conceito de mercado na sociologia. Por intermédio da exposição das diferentes interpretações sobre o conceito e de sua análise, a partir da publicação e reorganização crítica de sua obra completa na Max Weber Gesamtausgabe (MWG), o texto apresenta uma noção de mercado vinculada aos seus últimos escritos no âmbito da sociologia. Uma noção que não se confunde com as interpretações neoclássicas e estruturalistas de mercado, pois integra seu esquema conceitual (ação social, relação social, ordem legítima) e a mútua determinação dos planos de ação. Com base na proposta de mercado como uma relação social associativa e nos conceitos correlatos, o texto aponta possíveis chaves de compreensão-explicação de fenômenos atuais, como a emergência de novos mercados e a sua transformação a partir de práticas colaborativas ou voltadas para critérios éticos.

Referências

ABRAMOVAY, Ricardo. Muito Além da Economia Verde. São Paulo: Editora Abril, 2012.

BADW – BAYERISCHE AKADEMIE DER WISSENSCHAFTEN. Max Weber Complete Edition (MWG). 2020. Disponível em: https://mwg.badw.de/en/mwg-volumes/section-i.html. Acesso em: 19 nov. 2020.

CALLON, Michel. The embeddedness of economic markets in economics. In: CALLON, Michel (Org.). The laws of the market. Oxford: Blackwell, 1998.

CALLON, Michel. Entrevista com Michel Callon: dos estudos de laboratório aos estudos de coletivos heterogêneos, passando pelos gerenciamentos econômicos. Sociologias, Porto Alegre, n. 19, p. 302-321, jun. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S151745222008000100013&lng=en&nrm=iso . Acesso em: 16 mai. 2020.

EVANS, Peter. Embedded Autonomy: States & Industrial Transformation. Princeton: Princeton University Press, 1995.

FLIGSTEIN, Neil. Mercado como política: uma abordagem político cultural das instituições de mercado. Contemporaneidade e Educação, n. 9, 2001.

FLIGSTEIN, Neil; DAUTER, Luke. A sociologia dos mercados. Cad. CRH, Salvador, v. 25, n. 66, p. 481-504, dez. 2012. Disponível em:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010349792012000300007&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 12 jan. 2020.

GRANOVETTER, Mark. The strength of weak ties. American Journal of Sociology, v. 78, n. 6, p.1930-1938, 1973.

GRANOVETTER, Mark. Ação econômica e estrutura social: o problema da imersão. RAE electronica, v. 6, n. 1, jun. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S167656482007000100006&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 03 mar. 2020.

HALL, Peter A.; SOSKICE, David. Varieties of Capitalism: The Institutional Foundations of Comparative Advantage. Oxford: Oxford University Press, 2001.

KANGAS, Risto. The Market, Values, and Coordination of Actions. Journal of Classical Sociology, v. 9 n.3, p. 291-318, 2009.

LEPSIUS, M. Rainer. "Economia e sociedade": a herança de Max Weber à luz da edição de sua Obra completa (MWG). Tempo social, São Paulo, v. 24, n. 1, p. 137-145, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20702012000100008&lng=en&nrm=iso . Acesso em: 22 mai. 2020.

MAZZUCATO, Mariana. O Estado Empreendedor: Desmascarando o mito do setor público vs. setor privado. São Paulo: Portfólio-Penguin, 2015.

PEUKERT, Helge. Max Weber: Precursor of economic sociology and heterodox economics? The American Journal of Economics and Sociology, v. 63, n. 5, p. 987-1020, 2004.

RAMELLA, Francesco.; MANZO, Cecilia. L’economia della collaborazione. Bologna: Il Mulino, 2019.

SCHLUCHTER, Wolfgang. O desencantamento do mundo: seis estudos sobre Max Weber. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2014.

SCHLUCHTER, Wolfgang. Dualidade entre ação e estrutura: esboços de um programa de pesquisa weberiano. Política & Sociedade. Florianópolis, v. 15, - n. 34, p. 18-42, Set./Dez. de 2016. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/politica/article/view/2175-7984.2016v15n34p18. Acesso em 22 mai. 2020.

SELL, Carlos Eduardo. Max Weber e o átomo da sociologia: Um individualismo metodológico moderado?. Civitas, Rev. Ciênc. Soc., v. 16, n. 2, p. 323-347, jun. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-60892016000200012&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 22 mai. 2020.

STORR, Virgil Henry; STEIN, Solomon. Max Weber on the Market's Impersonality and Ethic. Max Weber Studies v. 19, n. 1, p. 43-63, 2019. Disponível em: www.jstor.org/stable/10.15543/maxweberstudies.19.1.043. Acesso em: 20 mai. 2020.

SWEDBERG, Richard. Max Weber as an Economist and as a Sociologist: Towards a Fuller Understanding of Weber's View of Economics. The American Journal of Economics and Sociology, v. 58, n. 4, 1999, p. 561–582. Disponível em: www.jstor.org/stable/3487998. Acesso em: 12 mai. 2020.

SWEDBERG, Richard. Afterword: The Role of the Market in Max Weber's Work. Theory and Society, v. 29, n. 3, p. 373-384, jun. 2000. Disponível em: http://www.jstor.org/stable/3108487. Acesso em: 22 jun. 2014.

SWEDBERG, Richard. Max Weber e a Ideia de Sociologia Econômica. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2005.

WEBER, Max. Economy and Society: An Outline of Interpretive Sociology. Berkeley: University of California Press,1978.

WEBER, Max. Economia e Sociedade. São Paulo: Editora Universidade de Brasília, 1991.

WEBER, Max. A Bolsa. Lisboa: Relógios D’ Água Editores, 2004.

WEBER, Max. Wirtschaft und Gesellschaft. Soziologie. Unvollendet. 1919-1920. Organização de Knut Borchardt, Edith Hanke e Wolfgang Schluchter. Tübingen: J.C.B. Mohr (Paul Siebeck), 2013 (MWG I/23).

WEBER, Max. Börsenwesen. Schriften und Reden. 1893–1898. Organização de Knut Borchardt com colaboração de Cornelia Meyer-Stoll. Tübingen: J.C.B. Mohr (Paul Siebeck), 1999 (MWG I/5).

WEBER, Max. Allgemeine ("theoretische“) Nationalökonomie. Vorlesungen 1894–1898. Organização de Wolfgang J. Mommsen com colaboração de Cristof Judenau, Heino H. Nau, Klaus Scharfen und Marcus Tiefel. Tübingen: J.C.B. Mohr (Paul Siebeck), 2009 (MWG III/1).

Downloads

Publicado

2021-02-10

Edição

Seção

Dossiê