Olavo de Carvalho e a guerra cultural das novas direitas

entrevista com Alvaro Bianchi

Autores

  • Aline Vanessa Zambello Universidade Estadual de Campinas
  • Ivan Henrique de Mattos e Silva Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)
  • Josnei Di Carlo Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1806-5023.2021.e83706

Palavras-chave:

Olavo de Carvalho, Nova Direita, Antonio Gramsci, Intelectuais

Resumo

Alvaro Bianchi é professor livre-docente, coordenador do Laboratório de Pensamento Político (Pepol/Unicamp) e, atualmente, diretor do Instituto de Filosofia em Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Referência internacional em Antonio Gramsci, foi visiting researcher na Fondazione Gramsci e é membro do Comitê de Coordenação da International Gramsci Society e do corpo editorial do International Gramsci Journal. De seu vasto currículo, destacamos sua vinculação ao pensamento político gramsciano porque ela é a ponte que liga a suas pesquisas recentes sobre as novas direitas, especialmente dedicadas à obra literária de Olavo de Carvalho – temas que orientaram a entrevista que nos concedeu para o dossiê “Nova Direita no Brasil: matrizes teóricas, intelectuais e discursivas”.

Biografia do Autor

Ivan Henrique de Mattos e Silva, Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em 2010. Mestre em Ciência Política pela UFSCar, em 2013. Doutor em Ciência Política pela UFSCar, em 2018. Atualmente, é professor adjunto de Ciência Política nos cursos de Bacharelado em Ciências Sociais e Licenciatura em Sociologia e no Programa de Pós-Graduação em Estudos de Fronteira (PPGEF) da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP).

Josnei Di Carlo, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Bacharel e licenciado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), em 2006, com especialização em Ensino de Sociologia, em 2010, na mesma instituição de ensino superior. Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em 2013. Doutor em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 2018.

Publicado

2021-09-29