A luta da família de Arno Preis pela verdade e por reparação: contribuição aos estudos a respeito dos mortos e desaparecidos da ditadura

Reginaldo Benedito Dias, Elaine Bogo Pavani

Resumo


Este artigo analisa a luta da família de Arno Preis, militante de esquerda morto pela ditadura militar em 1972, pela verdade histórica e por reparação. Enterrado como indigente, seu nome integrou a lista dos mortos e desaparecidos da ditadura. Somente mais de duas décadas depois de sua morte, seu corpo foi identificado e sepultado com dignidade. A família prosseguiu sua luta pelo restabelecimento da verdade sobre as condições de sua morte e resgate sobre o significado de sua militância, que foi traduzida em requerimento por responsabilização do Estado e por reparação.


Palavras-chave


Arno Preis; Mortos e desaparecidos; Ditadura militar brasileira; Ação Libertadora Nacional (ALN); Movimento de Libertação Popular (Molipo)

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7976.2011v18n26p153

Direitos autorais 2019 Reginaldo Benedito Dias, Elaine Bogo Pavani

Esboços: histórias em contextos globais - ISSN da versão impressa 1414-722x (cessou em 2008) e ISSN eletrônico 2175-7976 - Florianópolis - SC - Brasil