Hibridismos e intertextualidades no cinema contemporâneo de temática adolescente

Autores

  • Tania Montoro Universidade de Brasília
  • Michael Peixoto Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade de Brasília – UNB.

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7976.2012v19n27p258

Palavras-chave:

Cinema, Análise fílmica, Hibridismo, Intertextualidade, Convergências

Resumo

Este artigo tem como objetivo investigar as relações intertextuais e as experiências híbridas entre meios e estéticas presentes em um conjunto de filmes contemporâneos de cinematografias distintas que privilegiam abordagens sobre o universo adolescente. De um quadro mais amplo de seis filmes, a análise esteve focada no espanhol Verbo (2011, de Eduardo Chapero-Jackson) e no polonês Quarto do Suicídio (2011, de Jan Komasa). A partir da construção da narrativa e da composição visual destes filmes, buscou-se traçar um indicativo de como são desenvolvidos os ritos de passagens dos personagens no âmbito narrativo com base nos usos do dispositivo fílmico em sua concepção híbrida e atravessada por intertextualidades.

Biografia do Autor

Tania Montoro, Universidade de Brasília

Professora e pesquisadora de teoria do cinema na graduação em audiovisual  e no programa de mestrado e doutorado em Comunicação da Universidade de Brasília

Michael Peixoto, Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade de Brasília – UNB.

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade de Brasília – UNB.

Downloads

Publicado

2012-06-09