A sociologia e a política em Guerreiro Ramos

João Carlos Nogueira

Resumo


Este pequeno texto pretende dialogar com um dos fundadores da sociologia política no Brasil, Alberto Guerreiro Ramos. Este cientista social desenvolveu uma interpretação singular da sociedade brasileira, aguçada e destemida, num tempo onde o sopro forte do positivismo comteniano e do funcionalismo durkheiminiano dominavam corações e mentes nas ciências naturais e humanas. Entretanto, Guerreiro Ramos mostrara-se sempre muito crítico às leituras marxistas também, feitas particularmente pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB) sobre a realidade brasileira e seu processo revolucionário.

Palavras-chave


Teoria Social; Brasil século XX; Pensamento sociológico

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 João Carlos Nogueira

Esboços: histórias em contextos globais - ISSN da versão impressa 1414-722x (cessou em 2008) e ISSN eletrônico 2175-7976 - Florianópolis - SC - Brasil