Campesinidade e imigração internacional: novas estratégias dos jovens rurais do Oeste Catarinense

Arlene Renk, Vilson Cabral Jr.

Resumo


A emigração para a Açemanha de descendentes alemães que vivem uma identidade híbrida no Oeste Catarinense é focalizada neste artigo. As experiências vivenciadas por eles são investigadas a partir de entrevistas coletadas na localidade de itapiranga. É feito um contexto da cidade analisada e é mostradoos tipos de emigração e os mediadores. A recepção em um país estrangeiro, a volta ao país de origem e os estágios, são relatados neste artigo sobre os jovens rurais de Itapiranga

Palavras-chave


Campesinidade; emigração internacional; descendentes alemães

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Arlene Renk, Vilson Cabral Jr.

Esboços: histórias em contextos globais - ISSN da versão impressa 1414-722x (cessou em 2008) e ISSN eletrônico 2175-7976 - Florianópolis - SC - Brasil