A educação e a Criança da Vila Operária

Marli de Oliveira Costa

Resumo


O ambiente problematizado é a vila operária Próspera, localizada na cidade de Criciúma, em torno da década de 1950. As crianças que conviveram com este espaço e tempo eram filhos e filhas de mineiros e trabalhadores da Carbonífera Próspera S.ª A educação delas foi entregue às catequistas, `professora paga pela mineradora e também às freiras da Divina Providência. A formação das crianças se deu no momento em que os empresários procuraram disciplinar o comportamento dos operários no domínio provado e cotidiano. Para tanto se utilizaram também da autoridade religiosa e da escola.

Palavras-chave


Criança; Educação; Vila; mineradora; Cotidiano; Freiras; disciplina

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Marli de Oliveira Costa

Esboços: histórias em contextos globais - ISSN da versão impressa 1414-722x (cessou em 2008) e ISSN eletrônico 2175-7976 - Florianópolis - SC - Brasil