Quando dandies e roceiros foram a guerra do Paraguai.

Autores

  • Vanderlei Machado Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Gênero, Identidades, Masculinas, Masculinidade Hegemônica

Resumo

O artigo procura perceber como Oswaldo R. Cabral, em sua obra “Nossa Senhora do Desterro”, representou os homens que ocuparam cargos públicos em Desterro na segunda metade do século XIX. Dado o volume da obra, nos ateremos nas figuras dos militares. A partir da perspectiva das relações de gênero, tentaremos demonstrar outras possibilidades de se abordar o papel dos homens na história. Para tanto partiremos do principio de que as identidades de gêneros são construções históricas.

Downloads

Publicado

1998-01-01

Edição

Seção

Artigo