Inserindo o conceito lixo zero e a economia sustentável em escolas públicas de Florianópolis

Autores

  • Thiago Teixeira Mendonça Universidade Federal de Santa Catarina
  • Marilia Dietrich Schmitz Universidade Federal de Santa Catarina
  • Isabela Tsutiya Andrade Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2018v15n29p70

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Pedagogia, Meio Ambiente

Resumo

O projeto trata-se da continuação de outro, iniciado em 2016, que teve como objetivo a realização da semana Lixo Zero em uma escola de ensino básico de uma região de baixa renda na cidade de Florianópolis, a Escola Básica Municipal Donícia Maria da Costa. Em 2017, práticas de educação ambiental com foco nos conceitos Lixo Zero e Economia Circular e Solidária foram realizadas através de atividades conjuntas,  como oficinas, construção de composteira, debates, questionários, mostras de filme, etc. O trabalho de educação ambiental teve resultados muito positivos, uma vez que toda a comunidade próxima foi atingida e as crianças do coletivo conseguiram gerar renda (economia solidária) a partir de uma feira, onde foram vendidos objetos elaborados pelos próprios participantes, nas oficinas. O projeto continua sendo aplicado em 2018, com objetivo principal de ajudar na instituição da Educação Ambiental no Plano Político Pedagógico.

 


Biografia do Autor

Thiago Teixeira Mendonça, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduando em Engenharia Sanitária e Ambiental na Universidade Federal de Santa Catarina.

Marilia Dietrich Schmitz, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Engenharia Sanitária e Ambiental na Universidade Federal de Santa Catarina.

Isabela Tsutiya Andrade, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Engenharia Sanitária e Ambiental na Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

ABRELPE, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil, 2015. Disponível em: <http://www.abrelpe.org.br/Panorama/panorama2015.pdf>. Acesso em 23/05/2018.

INSTITUTO LIXO ZERO. Conceito lixo zero. 2018. Disponível em: http://ilzb.org/conceito-lixo-zero/. Acesso em 19/05/2018.

MARSHALL, Rachael E.; FARAHBAKHSH, Khosrow. Systems approaches to integrated solid waste management in developing countries. Waste Management, v. 33, n. 4, p. 988–1003, 2013. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1016/j.wasman.2012.12.023>. Acesso em 23/05/2018

SILVA, D. J. da . Uma abordagem cognitiva ao planejamento Estratégico do Desenvolvimento Sustentável. Florianópolis: Tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção) da Universidade Federal de Santa Catarina, 1998.

VASCONCELOS, Luiz Gabriel Catoira de. DESAFIO LIXO ZERO : GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS COMO OPORTUNIDADE DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E GOVERNANÇA NO COLÉGIO DE APLICAÇÃO DA UFSC / Luiz Gabriel Catoira de Vasconcelos ; orientador, Armando Borges de Castilhos Jr. ; coorientadora, Josalba Ramalho Vieira. - Florianópolis, SC, 2015. 140 p.

WILSON, David C. Development drivers for waste management. Waste management & research : the journal of the International Solid Wastes and Public Cleansing Association, ISWA, v. 25, n. 3, p. 198–207, 2007. Disponível em: <http://wmr.sagepub.com/cgi/doi/10.1177/0734242X07079149>. Acesso em 23/05/2018

Downloads

Publicado

2018-08-24