Projeto Agroação: incentivando a alimentação saudável e a conservação da biodiversidade em Curitibanos/SC

Sindi Elen Senff, Karine Louise dos Santos, Enio Paulo Belotto, Danielle Remor

Resumo


A discussão sobre segurança alimentar e educação ambiental vêm crescendo constantemente, devido a baixa diversidade de na dieta alimentar, a problemas de saúde, e aos problemas ambientais vinculados ao sistema produtivo. Por isso, existe a necessidade de incentivar projetos de educação que discutam a alimentação saudável e a possibilidade de obtenção de alimentos de qualidade, em consonância com a conservação dos recursos naturais e da biodiversidade. Com esse objetivo em mente, as atividades do projeto agroação estão sendo conduzidas na horta agroecológica e na Trilha do Pessegueirinho localizadas na UFSC, Campus de Curitibanos, juntamente com crianças entre 07 a 12 anos. Até o momento, o projeto atendeu 442 alunos em 13 visitas, beneficiando cinco escolas públicas do município de Curitibanos/SC. Essa troca de experiência esta proporcionando aprendizado para os alunos e professores no que se refere a produção de alimentos e a conservação dos recursos naturais e biodiversidade.


Palavras-chave


Horta; Alimentação; Conservação; Sustentável

Texto completo:

PDF

Referências


ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VALERI, Sérgio Valiengo; MARTINS, Antônio Lúcio Mello. Sistemas agroflorestais e agricultura familiar: uma parceria interessante. Revista Tecnologia & Inovação Agropecuária, São Paulo, v. 1, n. 2, p.50-59, dez. 2008.

ALTIERI, Miguel; KOOHAFKAN, Parviz. Enduring Farms: Climate Change, Smallholders and Traditional Farming Communities. 6. ed. Malásia: Third World Network, 2008. 63 p. Disponível em: http://www.twn.my/title/end/pdf/end06.pdf. Acesso em: 03 abr. 2017.

AMARAL, Cleomara Nunes do; GUARIM NETO, Germano. Os quintais como espaços de conservação e cultivo de alimentos: um estudo na cidade de Rosário Oeste (Mato Grosso, Brasil). Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi: Ciências Humanas, Belém, v. 3, n. 3, p.329-341, set. 2008.

BENTO, Isabel Cristina; ESTEVES, Juliana Maria de Melo; FRANÇA, Thaís Elias. Alimentação saudável e dificuldades para torná-la uma realidade: percepções de pais/responsáveis por pré-escolares de uma creche em Belo Horizonte/MG, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 20, n. 8, p.2389-2400, jan. 2015.

BETTENCOURT, Arthur Fernandes et al. Compostagem elaborada a partir de diferentes resíduos nas escolas da rede pública de dompedrito. 2016. Disponível em: http://trabalhos.congrega.urcamp.edu.br/index.php/mpce/article/view/906/929. Acesso em: 14 mar. 2017.

CARVALHO FILHO, José Juliano de. A produção de alimentos e o problema da segurança alimentar. Estudos Avançados, São Paulo, v. 9, n. 24, p.173-193, maio 1995.

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO. Congresso. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 4.516, de 2012. Projeto de Lei no 4.516, de 2012. Brasília, DF, 2012. Disponível em: http://www.camara.gov.br/sileg/integras/1083400.pdf. Acesso em: 26 mar. 2017.

CRIBB, Sandra Lucia de Souza Pinto. Contribuições da educação ambiental e horta escolar na promoção de melhorias ao ensino, à saúde e ao ambiente. Rempec: Ensino, Saúde e Ambiente, Niterói, v. 3, n. 1, p.42-60, abr. 2010.

CUBA, Marcos Antonio. Educação ambiental nas escolas. Eccom, Lorena, v. 1, n. 2, p.23-31, jul. 2007.

FREITAS, Helder Ribeiro et al. Horta escolar agroecológica como instrumento de educação ambiental e alimentar na Creche Municipal Dr. Washington Barros - Petrolina/PE. Extramurus: Revista de Extensão da Univasf, Petrolina, v. 1, n. 1, p.155-169, jul. 2013.

HIGUCHI, Pedro et al. Composição florística da regeneração natural de espécies arbóreas ao longo de oito anos em um fragmento de floresta estacional semidecidual, em Viçosa, MG. Revista Árvore, Viçosa, v. 30, n. 6, p.893-904, set. 2006.

LIMA, Magda Aparecida de. Agropecuária brasileira e as mudanças climáticas globais: caracterização do problema, oportunidades e desafios. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v. 19, n. 3, p.451-472, set. 2002.

LOMPA, Marina Arnoldo. O papel das hortas escolares na modificação do comportamento alimentar. 2016. 24 f. TCC (Graduação) - Curso de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

LORENZI, Harri; MATOS, Francisco José de Abreu. Plantas medicinais no Brasil: nativas e exóticas. 2. ed. Nova Odessa: Plantarum, 2008. 869 p.

MARANHÃO, Raquel Veloso de Albuquerque et al. Consumo e motivos para o não consumo de frutas, legumes e verduras por adolescentes e adultos residentes em mesmo domicílio. Nutrire, São Paulo, v. 39, n. 2, p.203-213, ago. 2014.

MAUHS, Julian; MARCHIORETTO, Maria Salete; BUDKE, Jean Carlos.Riqueza e biomassa de macrófitas aquáticas em uma área úmida na planície costeira do Rio Grande do Sul, Brasil. Pesquisas Botânicas, São Leopoldo, v. 57, n. 57, p.289-302, jan. 2006.

MORGADO, Fernanda da Silva; SANTOS, Mônica Aparecida Aguiar dos. A horta escolar na educação ambiental e alimentar: experiência do Projeto Horta Viva nas escolas municipais de Florianópolis. Extensio Ufsc, Florianópolis, v. 5, n. 6, p.1-10, jun. 2008.

OLIVEIRA, Luciana Cristina Montonede. Horta escolar: a realidade das escolas de Araras-SP. 2014. 54 f. Monografia (Especialização) - Curso de Especialização em Ensino de Ciências, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2014.

PEGORARO, João Luiz; SORRENTINO, Marcos. Programas educativos com flora e fauna (expressões da biodiversidade) e a educação ambiental. Scientia Forestalis, São Paulo, v. 54, n. 54, p.131-142, dez. 1998.

PINTO, Hilton Silveira; ASSAD, Eduardo Delgado. Aquecimento global e cenários futuros da agricultura brasileira. 2009. Disponível em: http://www.greenpeace.org/brasil/pagefiles/3580/eduardo_assadi_embrapa.pdf. Acesso em: 03 abr. 2017.

VALLE, Janaína Mello Nasser; EUCLYDES, Marilene Pinheiro. A formação dos hábitos alimentares na infância: uma revisão de alguns aspectos abordados na literatura nos últimos dez anos. Revista Aps, Juiz de Fora, v. 10, n. 1, p.1-20, jan. 2007.

WHO; FAO.T Consultation on Diet, Nutrition and the Prevention of Chronic Diseases. Who Library, Geneva, v. 1, n. 1, p.101-101, fev. 2003.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-0221.2018v15n30p147



Extensio: R. Eletr. de Extensão, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1807-0221.