A compreensão dos gestores de Escolas Municipais Rurais de Londrina sobre a atuação de Assistentes Sociais na área da Educação

Autores

  • Claudia Neves da Silva Universidade Estadual de Londrina
  • Flávia Silva de Oliveira Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2019v16n34p34

Palavras-chave:

Escola, Serviço Social, Educação, Atuação Profissional

Resumo

A escola é uma instituição em que se manifesta cotidianamente uma multiplicidade de situações vividas e trazidas por estudantes, docentes e familiares, como disputas, conflitos, amizades, angústias, fruto das condições materiais e subjetivas dos sujeitos. A partir desta constatação, surgiu o interesse de conhecer o ponto de vista dos gestores quanto à possibilidade de atuação do Serviço Social em uma instituição escolar, particularmente de instituições localizadas em 2 (dois) distritos rurais do Município de Londrina, com a finalidade de construir uma metodologia de intervenção a partir de suas expectativas. Assim, entre os anos de 2016 e 2018 foram feitas visitas às escolas públicas municipais localizadas nos distritos rurais e entrevistas com 4 (quatro) gestores dessas escolas, para atender a uma das etapas do Projeto de Extensão Serviço Social na área da Educação, vinculado ao Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual de Londrina. O presente artigo tem por objetivo apresentar o resultado das entrevistas e a proposta de uma metodologia de intervenção do Serviço Social em escolas localizadas em regiões rurais.

Biografia do Autor

Claudia Neves da Silva, Universidade Estadual de Londrina

Doutora em História (UNESP – Assis/SP). Professora Associada do Departamento de Serviço Social e do Programa de Pós-Graduação em Política Social e Serviço Social da Universidade Estadual de Londrina/UEL.

Flávia Silva de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina

Assistente Social formada pela Universidade Estadual de Londrina. Bolsista de Extensão entre os anos de 2015 e 2017.

Referências

ALMEIDA, J.N.; SILVA, C.N. A contribuição do Serviço Social na garantia da permanência dos estudantes na educação básica: um estudo a partir das escolas públicas estaduais do Município de Rolândia/PR. Revista Serviço Social em Revista. Londrina, Jul/Dez. 2014. p. 46-65.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 18 dez 2018.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 18 dez 2018.

CFESS. Subsídios para a atuação dos assistentes sociais na política de educação. Série 3; Trabalho e projeto profissional nas políticas públicas. CFESS. Brasília,2012.

CFESS. Serviço Social na Educação. Grupo de estudos sobre o Serviço Social na Educação. Brasília: 2001.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL - CFESS. Subsídios para o debate sobre o serviço social na educação. Brasília: CFESS, 2011.

COUTINHO, Ângela Araújo; RIBEIRO, Mirian dos Santos; BARRETO, Valdineide Barauna. Serviço Social e Famílias: as Contribuições da Atuação Profissional do Serviço Social para Efetivação da Participação Familiar no Acompanhamento Educativo. Serviço Social na Educação: Teoria e Prática. Campinas: Papel Social, 2012. p. 88-109.

MARTINS, Eliana Bolorino Canteiro. O Serviço Social na área da Educação. Revista de Serviço Social e Realidade. v. 8, n° 1. UNESP, Franca: São Paulo, 1999.

MARTINS, Eliana Bolorino Canteiro. O Serviço Social no âmbito da Política Educacional: dilemas e contribuições da profissão na perspectiva do projeto éticopolítico. Serviço Social na Educação: Teoria e Prática. Campinas: Papel Social, 2012. p. 33-54.

PIANA, Maria Cristina. A construção do perfil do assistente social no cenário educacional. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. Disponível em: http://www.cairu.br/portal/arquivos/biblioteca/EBOOKS/SS/Construcao_do_perfil_do_ assistente_social.pdf. Acesso em: 10 de dez 2018.

PORTES, Lorena Ferreira; SILVA, Claudia Neves da; SANA, Daniele Soares; OLIVEIRA, Flavia Silva de; PEIXOTO, Patrícia Aparecida. A contribuição do Serviço Social no espaço escolar: uma análise a partir da compreensão de gestores de escolas municipais e estaduais de Londrina- Pr. 15° Congresso Brasileiro de Assistentes Sociais, anais, Olinda (PE) 5 a 9 de set de 2016. p. 1-11.

SANTOS, André Michel dos. As Práticas Socioeducativas do Assistente Social Inserido na Política de Educação. Serviço Social na Educação: Teoria e Prática. Campinas: Papel Social, 2012. p. 73-85.

SCHRAM, Sandra Cristina; CARVALHO, Marco Antônio Batista. O Pensar Educação em Paulo Freire: para uma pedagogia de mudanças. PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense, 2007. Curitiba: SEED/PR., 2011. V.1. (Cadernos PDE). Disponível em: http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conte udo=20. Acesso em: 02 jan. 2019.

SILVA, Marcela Mary José. O Lugar do Serviço Social na Educação. Serviço Social na Educação: Teoria e Prática. Campinas: Papel Social, 2012. p. 15-31

VICENTE, Relly Amaral R. As condições objetivas de trabalho dos(as) assistentes socias inseridos na Política de Educação na Região Litorânea do Paraná. 2017. 165f. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Política Social – Universidade Estadual de Londrina,Londrina, 2017.

Downloads

Publicado

2019-12-19