Experiências docente-discente vivenciadas na disciplina de projetos comunitários de extensão universitária - Univali

Autores

  • Márcia Gilmara Marian Vieira Universidade do Vale do Itajaí http://orcid.org/0000-0001-8450-0632
  • Yára Christina Cesário Pereira Universidade do Vale do Itajaí
  • Mariana Teixeira Fares Camargo Universidade do Vale do Itajaí

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2021.e76397

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Extensão Universitária, Agricultura Sustentável

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar as vivências dos acadêmicos na disciplina de Projeto Comunitário de Extensão Universitária (PCEU), na Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), incorporando um novo conceito de sala de aula via elaboração de miniprojetos no contexto da pandemia “COVID 19”. O projeto “Educação Para Transformação: Mudando Vidas” estabeleceu diálogos com o enfrentamento de problemas sociais e econômicos contemporâneos, tais como: a inclusão da população de risco e vulnerabilidade social e busca pela segurança alimentar como uma das condições para a conquista da cidadania em sua plenitude. No período de março a junho de 2020, utilizou a metodologia baseada na Sistemática do Círculo de Cultura de Paulo Freire, por meios de Rodas de Diálogo. Os acadêmicos, por sua vez, tiveram a oportunidade de socializar os seus diferentes saberes exercendo sua cidadania, e, nesse processo, o desenvolvimento de habilidades e competências que contribuem para sua formação integral.

Biografia do Autor

Márcia Gilmara Marian Vieira, Universidade do Vale do Itajaí

Doutora em Química Orgânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pós-doutorado em Agroecologia e Paisagismo pela Universidade Passo Fundo (UPF). Professora na Universidade do Vale do Itajaí.

 

Yára Christina Cesário Pereira, Universidade do Vale do Itajaí

Pós-doutora em Educação Ambiental pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande (PPGEA-FURG). Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora titular da Universidade do Vale do Itajaí.

Mariana Teixeira Fares Camargo, Universidade do Vale do Itajaí

Acadêmica do curso de Licenciatura em Letras da Universidade do Vale do Itajaí.

Referências

BRASIL. Lei 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L13005.htm. Acesso em: 20 junho 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Documento Base de Elaboração da Portaria MS nº 2.914/2011. Brasília, 2012a.

DALMOLIN, B.; SILVA, M.; VIEIRA, A. Bases pedagógicas para pensar a curriculização da extensão. In: Extensão Universitária: Perspectivas de Aprendizagem e Sentidos na Educação superior. Revista Interdisciplinar de Extensão, 2018. v.2, n.4. Disponível em:

http://periodicos.pucminas.br/index.php/conecte-se/article/view/18298. Acesso em: 25 jul. 2020.

FLORIANÓPOLIS . Decreto nº 17.688, de 05 de junho de 2017. Dispõe sobre a criação do programa municipal de agricultura urbana. Leis Municipais. Florianópolis, SC, 2017. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a/sc/f/florianopolis/decreto/2017/1769/17688/decreto-n-17688-2017-dispoe-sobre-a-criacao-do-programa-municipal-de-agricultura-urbana?q=17688. Acesso em: 28 jul. 2020.

FLORIANÓPOLIS. Lei nº 10.392, de 06 de junho de 2018. Dispõe sobre a política municipal de agroecologia e produção orgânica de Florianópolis (PMAPO). Leis Municipais. Florianópolis, SC, 2017. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a/sc/f/florianopolis/lei-ordinaria/2018/1040/10392/lei-ordinaria-n-10392-2018-dispoe-sobre-a-politica-municipal-de-agroecologia-e-producao-org-nica-de-florianopolis-pmapo?q=Lei+n%C2%BA+10.392. Acesso em: 28 jul. 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992. 17 p.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.

INTERNATIONAL FINANCE CORPORATION E COLABORADORES, Segurança Alimentar e Nutricional: A contribuição das empresas para a sustentabilidade das iniciativas locais. São Paulo, 2003. p. 8

MOUGEOUT, L. Urban Agriculture: Concept and Definition. In: Urban Agriculture Magazine, Leusden, RUAF Foundation, 2000. Disponível em: https://idl-bnc-idrc.dspacedirect.org/bitstream/handle/10625/26429/117785.pdf?sequence=12. Acesso em: 20 jul. 2020.

NICOLESCU, B. O manifesto da transdisciplinaridade. 3.ed. São Paulo: Triom, 2005.

OLIVEIRA, T.; GARCIA, B. Extensão e indissociabilidade. In: Transcedendo Fronteiras – A Contribuição da Extensão das Instituições Comunitária de Ensino Superior. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 2011. p.160 e 163.

PEREIRA, Y.C.C. Formação e docência: a construção de um conhecimento integrado no curso de Pedagogia – mobilizando saberes e enfrentando incertezas no Ensino de Ciências Naturais. 2004. 265 f. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

REIS, R. H. Histórico, Tipologias e Proposições sobre a Extensão Universitária no Brasil. Cadernos UnB Extensão: A universidade construindo saber e cidadania. Brasília, 1989. Disponível em:

https://periodicos.unb.br/index.php/linhascriticas/article/view/2610. Acesso em: 25 jul. 2020.

SAVIANI, D. Ensino público e algumas falas sobre universidade. 4.ed. São Paulo: Cortez, 1987.

SÍVERES, L.; MENEZES, A. Transcendendo Fronteiras - A Contribuição da Extensão das Instituições Comunitárias de Ensino superior. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 2011. p. 53.

VIEIRA, M. G. M.; IZA, O. B.; KORZ, C. FISCHER, J. Agricultura Sustentável: favorecendo ambientes saudáveis e o empoderamento feminino. Revista Educação Popular, Uberlândia, v. 18, n. 2, p. 5, maio/ago. 2019. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/46405. Acesso em: 27 jul. 2020.

Downloads

Publicado

2021-04-28