Iniciação Técnologica: uma forma lúdica de aprender Física

Autores

  • Maurício Ruv Lemes Faculdade Comunitária de Taubaté - SP
  • Arnaldo Dal Pino Júnior Instituto Tecnológico de Aeronáutica - São José dos Campos – SP

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2010v27n2p355

Palavras-chave:

Competição, aprendizado cooperativo, práticas educacionais

Resumo

Com o objetivo de estimular o interesse dos alunos pela disciplina de Física e aprimorar o processo de avaliação, introduzimos a Iniciação Tecnológica. Ela consiste no desenvolvimento de um protótipo relacionado com o tema da grade curricular do aluno. Em seu desenvolvimento, buscamos aproveitar os aspectos favoráveis das competições. Os pontos negativos das mesmas foram bastante reduzidos através da inclusão de uma tarefa mínima. Mostraremos que as Iniciações Tecnológicas aumentam o interesse dos alunos pela disciplina, melhorando o desempenho dos mesmos, permitem também uma avaliação mais ampla do processo de aprendizagem e promovem a integração de alunos veteranos com alunos atuais. Para exemplificar, mostraremos resultados obtidos em 10 anos de trabalho.

Downloads

Publicado

2010-01-01

Edição

Seção

Artigos