Buracos Negros: sementes ou cemitérios de galáxias?

João E. Steiner

Resumo


É apresentada uma breve história da ideia de buraco negro, desde a formulação da Teoria da Relatividade Geral até observações recentes. Durante o século XX, a ideia passou de mera especulação teórica até exercer um papel central para explicar os objetos mais luminosos do universo: os quasares. Acredita-se, hoje, que os buracos negros e as galáxias tiveram uma estreita co-evolução e um não poderia existir sem o outro, pelo menos não da forma que os observamos.

 


Palavras-chave


Buracos negros; Galáxias; Estrelas; Evolução de galáxias; Gravitação

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2010v27nespp723

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >