Câmera escura estéreo: Construção e atividades experimentais

Gilmário Barbosa Santos, Sidney Pinto Cunha

Resumo


Esse trabalho relata a construção de uma câmera escura estéreo (também conhecida como câmera de orifício ou câmera pinhole) voltada à captura de pares de imagens estereoscópicas e propõe atividades experimentais com a mesma. A câmera escura pode ser tão sofisticada quanto se queira, ou tão simples a ponto de poder ser construída artesanalmente, praticamente com materiais recicláveis. Esse trabalho descreve o uso prático desse tipo de câmera ao longo da história, bem como na atualidade. Aspectos da óptica e da geometria envolvidos na construção da câmera escura estéreo são apresentados de forma ilustrada. São propostos experimentos com a utilização das imagens obtidas pela câmera para a visualização em 3D por meio de par de óculos anaglifos, bem como é discutida a realização de estimativas de profundidade relativa por meio de triangulação.


Palavras-chave


Ótica; Visão Estéreo; Câmera Escura

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2015v32n3p879

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >