Foco sobreinformativo e estratégias de resposta no Português Brasileiro

Autores

  • Fernanda Rosa Silva Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2015v12n1p542

Palavras-chave:

Foco, Estrutura informacional, Implicaturas conversacionais, Estratégias de resposta, Perguntas

Resumo

O presente artigo investiga as características semânticas e pragmáticas de sentenças do português brasileiro que apresentam um tipo de foco a que denomino foco sobreinformativo. Sentenças com este tipo de foco identificam que o falante traz ao contexto informações além das requeridas, o que pode indicar a violação da máxima de quantidade de Grice (1975). No entanto, em uma análise mais profunda, identificou-se que o falante que faz uso do foco sobreinformativo respeita a todas as máximas conversacionais, ressaltando a de relevância. Nossa proposta é que ele faz uso deste tipo de foco como uma estratégia de discurso para destacar propriedades positivas e amenizar negativas do conjunto de indivíduos dado.

Biografia do Autor

Fernanda Rosa Silva, Universidade de São Paulo

Doutoranda - Departamento de Linguìsitca - USP

Downloads

Publicado

2015-07-12

Edição

Seção

Artigo