Estrutura linguística e estrutura conceitual: interpretação escalar de um subevento causal

Morgana Fabiola Cambrussi

Resumo


Este trabalho propõe uma pesquisa em torno da simetria de comportamento verificada entre verbos de movimento direcionado e verbos de mudança de estado. O estudo levantará a ‘causatividade’ como um elemento-chave, responsável pela participação desses predicadores verbais em processos de alternância, como a alternância causativa. Além disso, será proposto que o operador causal está primitivamente atrelado à ideia de mudança (de estado e de localização espacial) e de distribuição escalar dessa mudança, o que demandaria a inserção do operador na representação lexical dos itens integrantes dessas duas classes, as quais compartilhariam ‘causatividade’, uma propriedade de estrutura semântica, contrastando com os verbos de modo de movimento.


Palavras-chave


Causatividade; Verbos de modo de movimento; Verbos de movimento direcionado; Verbos de mudança de estado

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2017v14n1p1735

Direitos autorais 2017 Fórum Linguístico

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil