Biolinguística: da evolução da espécie à noção de parâmetros

Danniel da Silva Carvalho, Fernanda de Oliveira Cerqueira, Victor Cavalcanti Mariano

Resumo


A Biolinguística pretende lançar luz sobre a natureza eminentemente biológica da linguagem humana, focando, entre outros fatores, (i) as propriedades fenotípicas da língua; (ii) o crescimento e o amadurecimento da capacidade da linguagem nos indivíduos; (iii) a implementação da linguagem no cérebro; e (iv) os processos evolutivos que levaram ao surgimento da linguagem. Estes aspectos fundamentais são usados neste trabalho para enquadrar uma descrição de questões importantes no estudo da linguagem, levando a uma discussão sobre os avanços da linguística teórica, psicolinguística, comportamento animal comparativo, psicologia e genética/genômica, disciplinas que podem agora colocar esses fatores de longa data em uma nova perspectiva, ao levantar desafios para futuras pesquisas.

Palavras-chave


Arquitetura da linguagem; Evolução; Faculdade da linguagem; Teoria linguística

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2017v14n3p2286

Direitos autorais 2017 Fórum Linguístico

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil