De Descartes a Newton: para uma história do pensamento Chomskiano

Fabio Luiz Lopes da Silva

Resumo


Em 1968, Chomsky examinou um clássico tema da história doconhecimento ocidental: a substituição da mecânica cartesiana pela físicanewtoniana. Vinte anos depois, ele retornou ao mesmo tópico, conferindo-lhe, entretanto, uma interpretação um tanto modificada. Neste artigo, procuraremosmostrar que essa reanálise denuncia um novo arranjo entre materialismo ementalismo no âmbito da teoria chomskiana da linguagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil