Gestão de riscos nas universidades e centros universitários do estado de Santa Catarina

Autores

  • Célia de Souza Sedrez Centro Universitário de Brusque
  • Francisco Carlos Fernandes Universidade Regional de Blumenau

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2011v4nespp70

Palavras-chave:

Gestão de riscos, Instituições de ensino superior, Controles internos.

Resumo

O presente trabalho analisa e descreve a adaptação e aplicação de práticas de gestão de riscos e controles internos em instituições de ensino superior do Estado de Santa Catarina como suporte necessário ao controle das instituições. A pesquisa desenvolvida utiliza-se do método quantitativo e de corte seccional; quanto aos objetivos é do tipo descritiva, tendo como população os 5 Centros Universitários e as 12 Universidades do Estado de Santa Catarina. Os dados foram coletados através de questionário enviado aos gestores das IES. Os resultados da pesquisa evidenciam que a maior preocupação dos gestores, em termos de riscos está nas categorias de riscos estratégicos (fator principal: redução do número de alunos) e financeiros (fator principal: inadimplência). Por fim, conclui-se que, apesar da ausência de um sistema específico para apoio à gestão de riscos, as IES estão preocupadas com o assunto, mesmo não sendo ele ainda um assunto muito difundido e que as ações e os controles constatados por meio da pesquisa demonstram a preocupação dos gestores com a gestão de riscos nas suas instituições.

Downloads

Publicado

2011-06-01

Edição

Seção

Artigos