Ensino superior à ordem do capital internacional

Autores

  • Vanessa Maria de Oliveira Borges Centro Universitário Jorge Amado
  • Edson Tomaz de Aquino Centro Universitário Jorge Amado

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n2p22

Palavras-chave:

Ensino superior, Relações internacionais, Capital internacional, Internacionalização

Resumo

A formatação e o reordenamento de poder do mundo atual não excluem a organização universitária. O entorno político, econômico, social e cultural exercem um enorme impacto na educação superior, que não pode e nem deve ficar de fora das mudanças que se apresentam na sociedade. É por isso que a cooperação internacional vem se implantando como um processo de grande relevância no mundo universitário, sendo ponto de discussão acadêmica em diversos países. Por outro lado, a redução da interferência do Estado na economia e a internacionalização dos serviços, permite que o ensino superior seja tratado como uma commodity no comércio internacional. Nesse contexto, o presente estudo visa analisar os elementos políticos centrais do debate sobre a incorporação, cada vez maior, das demandas do capital internacional na educacional brasileira. Para viabilizar o alcance dos objetivos dessa pesquisa – dentre os quais, analisar a ação ofensiva do capital internacional no ensino superior brasileiro – será utilizado como referencial teórico, o Paradigma Globalista das Relações Internacionais, sob a perspectiva da Teoria da Dependência e as relações centro-periferia. Os procedimentos metodológicos utilizados para a realização deste artigo permitem qualificá-lo como resumo de assunto (quanto à sua natureza) e como explicativa (quanto aos seus objetivos). Os procedimentos de coleta de dados voltaram-se para a obtenção de dados secundários, já publicados em livros, artigos, periódicos, sites etc. Deste modo, este trabalho qualifica-se como bibliográfico, no que se refere ao seu objeto, e qualitativo no que diz respeito à sua abordagem, realizando, assim, uma análise interpretativa dos dados obtidos e dos fenômenos observados.

Biografia do Autor

Vanessa Maria de Oliveira Borges, Centro Universitário Jorge Amado

Graduada em Relações Internacionais pelo Centro Universitário Jorge Amado (2004) e mestre em Desenvolvimento Regional e Urbano pela Universidade Salvador. Atualmente é Coordenadora do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Relações Internacionais no Centro Universitário Jorge Amado, além de membro da Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI) e pesquisadora da área de internacionalização para o desenvolvimento, cooperação acadêmica e educação.

Edson Tomaz de Aquino, Centro Universitário Jorge Amado

Graduado, mestre e doutor em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é professor das disciplinas História da Política Externa Brasileira, Política Externa Brasileira e Tópicos em Relações Internacionais do Centro Universitário Jorge Amado.

Downloads

Publicado

2013-04-29

Edição

Seção

Artigos