Influência das estratégias e recursos para o desenvolvimento dos programas de pós-graduação da área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo no período de 2001 a 2009

Autores

  • Cibele Barsalini Martins Universidade Nove de Julho - UNINOVE
  • Emerson Antonio Maccari Universidade Nove de Julho - UNINOVE
  • José Eduardo Storopoli Universidade Nove de Julho - UNINOVE
  • Rui Otávio Bernardes de Andrade Universidade do Grande Rio

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n3p146

Palavras-chave:

Sistema de avaliação, CAPES, RBV.

Resumo

Nesta pesquisa, foram analisadas as estratégias e a alocação dos recursos nos programas de pós-graduação stricto sensu brasileiros da área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo. A pesquisa teve como sustentação teórica os estudos relacionados à avaliação da pós-graduação, sistema de avaliação da CAPES, a Estratégia no Ensino Superior e os trabalhos relacionados Resource Based-View – RBV. A metodologia utilizada foi qualitativa exploratória no qual utilizou uma pesquisa de múltiplos casos em oito programas avaliados pela CAPES no período de 2001 a 2009. Como resultados, verificou-se que os programas apresentaram estratégias deliberadas sistematicamente ao longo dos anos, tendo como alvo a melhoria de seus desempenhos no sistema de avaliação da CAPES. Como consequência, os Programas melhoraram suas estruturas de pesquisa e disponibilizaram recursos a seus pesquisadores para que eles ampliassem o foco nas atividades de pesquisas e orientações. Constatou-se também que os programas que aumentaram de nota consecutivamente nos três triênios de avaliação (2001 a 2009) e, os que obtiveram as notas seis e sete no triênio de 2007-2009, utilizaram o sistema de avaliação da CAPES como o grande direcionador estratégico.

Biografia do Autor

Cibele Barsalini Martins, Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Doutora em Administração pelo Programa de Mestrado e Doutorado em Administração da Universidade Nove de Julho (2013). Mestre em Administração pelo mesmo programa (2004). Especialista em Qualidade nas Organizações (Lato-sensu), graduada em Administração pela Universidade Nove de Julho (2002) e em Secretariado Executivo pela Universidade São Judas Tadeu (1997). Atuou como Coordenadora Nacional do Curso de Secretariado Executivo Bilíngue e professora adjunta na Universidade Paulista (2004 a 2010). É editora científica da Revista Gestão e Secretariado. Tem experiência nas áreas de Administração e Secretariado, ministra disciplinas sobre os temas de Administração do Relacionamento com o Cliente, Administração e Estrutura de Processos, Administração e Gestão em Secretariado Executivo.

Emerson Antonio Maccari, Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo - USP (2008) com Estágio Doutoral na University of Massachusetts Amherst - USA (2007). Mestre em Administração pela Universidade Regional de Blumenau - FURB (2002). Graduado em Administração (2000) e em Ciências da Computação (1996) pela FURB. Especialista em Tecnologia da Informação aplicada à Gestão de Negócios pela FURB/INPG (1999). Foi Diretor do Mestrado Profissional em Administração: Gestão de Projetos MPA-GP - UNINOVE (2010-2012). Atualmente é Diretor do Programa de Pós-Graduação em Administração PPGA - UNINOVE. Pesquisa nos seguintes temas: Gestão da Pós-Graduação; Gestão Estratégica da Pós-Graduação; Sistema de Avaliação da Pós-Graduação; Sistema de Avaliação da CAPES; Estratégia em Projetos Educacionais; Administração da Tecnologia da Informação. Participou da elaboração de propostas para implantação de Programas de Mestrado e Doutorado no Sistema APCN da CAPES nas áreas: Administração, Contabilidade, Turismo, Educação, Engenharia, Direito e Saúde. Desde 1999, vem acompanhando programas de Pós-Graduação na avaliação da CAPES, com destaque para os Programas de Mestrado e Doutorado da UNINOVE e Programa de Pós-Graduação em Administração da USP. Participou do desenvolvimento de periódicos científicos no sistema OJS (Open Journal System). Atuou como editor adjunto da Revista de Administração e Inovação RAI (2009-2010). Atualmente atua como Editor Adjunto da Revista de Gestão e Projetos GeP e editor de Seção da Revista Eletrônica de Ciência Administrativa - RCADM. Atuou como líder de track do ENANPAD e Simpósio/ANPAD nos tracks: "Inovação e Gestão de Projetos" (2010-2012). Participou, em 2010 da Avaliação Trienal (2007-2009) realizada pela CAPES na condição de consultor Ad hoc. Participa de visitas a programas de pós-graduação na área de administração atendendo solicitações da CAPES.

José Eduardo Storopoli, Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Mestre e doutorando em administração da Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Especialista em estratégia empresarial pela Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Professor da Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Membro do grupo de pesquisa da Uninove em Estratégia e Governança. Linhas de Pesquisa em estratégia, fusões e aquisições e RBV.

Rui Otávio Bernardes de Andrade, Universidade do Grande Rio

É Doutor em Engenharia de Produção pela UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina, possui Graduação em Administração de Empresas pela atual Faculdade Mackenzie - Rio, Graduação em Direito pelo Centro Universitário Bennett, Master em BUSINESS ADMINISTRATION - University of Wiscosin, Mestrado em Administração Pública e Governo pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas - EBAP - Fundação Getúlio Vargas- FGV e Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Livre Docente pela Universidade Gama Filho - UGF, Professor Titular da Universidade do Grande Rio – UNIGRANRIO. Tem longa experiência na área de Administração, com ênfase em Gestão Educacional, Desenvolvimento Organizacional e Marketing, atuando principalmente nos seguintes temas: administração, ensino superior, educação, gestão universitária e projeto pedagógico. É Coordenador do Programa de Pós-Graduação -PPGA Universidade do Grande Rio - UNIGRANRIO. Presidente do Conselho Consultivo da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração - ANGRAD. É Relator da Comissão Assessora de Avaliação da Área de Administração do INEP/MEC. Consultor ad-hoc do MEC para Avaliações Institucionais. Diretor do SEMERJ - Sindicato das Entidades Mantenedoras dos Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado do Rio de Janeiro. Autor de diversos livros sobre Gestão de Instituições de Ensino, Gestão Ambiental, Negociação, Ética e Teorias da Administração. Pesquisador com Projetos na FAPERJ e CAPES.

Downloads

Publicado

2013-09-09

Edição

Seção

Artigos