Mestrados profissionais em Administração, Contabilidade e Turismo no Brasil e seu processo de avaliação

Autores

  • Graziela Dias Alperstedt ESAG/UDESC
  • Sérgio Bulgacov Fundação Getúlio Vargas - FGV- EAESP
  • Filipe Ivo Pereira Mestrando em Administração UDESC
  • Luciana Ribeiro do Valle ESAG/UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n1p298

Palavras-chave:

Avaliação da Pós-Graduação, Mestrados Profissionais, Capes

Resumo

Esse trabalho se propôs a analisar o atual sistema de avaliação da Capes para os cursos de mestrado profissional em Administração, Ciências Contábeis e Turismo no Brasil a partir dos próprios professores e coordenadores. O trabalho se alicerça nos fundamentos sobre os mestrados profissionais no Brasil e sobre o processo de avaliação. Os dados foram coletados por meio de um survey eletrônico aplicado junto aos gestores e aos professores dos cursos de mestrado profissional em administração, contabilidade e turismo no Brasil. O artigo apresenta os resultados da análise quantitativa realizada a partir da estatística descritiva e do cruzamento de dados e revela que, apesar das críticas e da necessidade de mudança, a comunidade acadêmica ainda não possui respostas e soluções para mudar a avaliação dos mestrados profissionais. O trabalho oferece reflexões e sugestões aos responsáveis pelo processo.

Biografia do Autor

Graziela Dias Alperstedt, ESAG/UDESC

Doutora

Sérgio Bulgacov, Fundação Getúlio Vargas - FGV- EAESP

Professor e Pesquisador

FGV-SP

Filipe Ivo Pereira, Mestrando em Administração UDESC

Programa de Pós-Graduação em Administração

Luciana Ribeiro do Valle, ESAG/UDESC

Graduanda em Administração ESAG/UDESC

Bolsista PIBIC

Downloads

Publicado

2014-03-12

Edição

Seção

Artigos