O processo de massificação da educação superior chinesa

Autores

  • Danilo de Melo Costa Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
  • Qiang Zha University of Toronto

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n4p134

Resumo

http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n4p134O presente artigo demonstra o processo de massificação da educação superior utilizando como referência a China, que conseguiu se consolidar, em poucos anos, como o maior sistema universitário do mundo. Para tanto, são apresentados no referencial teórico a intervenção estatal e suas responsabilidades econômicas, os principais desafios da educação superior mundial e os efeitos da globalização sobre este nível de educação. No que se refere à metodologia, o presente estudo é delineado sobre os princípios de uma pesquisa explicativa, de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados mediante a pesquisa documental e bibliográfica, e posteriormente analisados e interpretados, para realização de fichamentos dos achados que foram correlacionados com os demais dados coletados. A presente pesquisa apresenta, ao seu final, de que forma ocorreu o expansão da educação superior chinesa, que passou de um sistema de elite e se tornou um sistema de massa, se tornando uma referência para outras nações que buscam também a expansão deste nível educacional.

Biografia do Autor

Danilo de Melo Costa, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Autor filiado a Universidade Federal de Minas Gerais, tendo sido este artigo aprovado como um dos 15 melhores do XIV Colóquio Iinternacional de Gestão Universitária.

Qiang Zha, University of Toronto

Autor filiado a University of Toronto, tendo sido este artigo aprovado como um dos 15 melhores do XIV Colóquio Iinternacional de Gestão Universitária.

Downloads

Publicado

2015-12-15

Edição

Seção

Artigos