Modeling higher education attractiveness to stand global environment

Autores

  • Leonel Cezar Rodrigues UNINOVE - Universidade Nove de Julho
  • Antonio Marcos Vivan UNINOVE - Universidade Nove de Julho
  • José Eduardo Storopoli Doutorando PPGA/UNINOVE Universidade Nove de Julho

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2016v9n1p21

Palavras-chave:

Higher education management, Value attributes, Global environment, Ambidexterity, Resilience

Resumo

Inabilities to deal with the changing environment may lead Higher Education Institutions (HEI) to loose institutional attractiveness. Digital transformation requires global insertion as essential feature to institutional attractiveness. Processes for international education seem to lack the links between real environmental trends and the internal capabilities to global education. HEI managers may approach endeavors to internationalize education combining ambidextrous strategy supported by consolidated resilience capabilities. The latest ones refer to building internal value attributes to increase institutional attractiveness assuring solid standing in the global environment. In this article, a theoretical essay, we approach the problem of creating resilience as a way of backing up ambidexterity to generate institutional attractiveness. The set of value attributes, on the other hand, may originate strategic routes to strengthen internal competences and to make the institution more attractive, as a dynamic capability.

Biografia do Autor

Leonel Cezar Rodrigues, UNINOVE - Universidade Nove de Julho

Possui o PhD em Administração pela Vanderbilt University, TN (USA), com concentração em Gestão de Sistemas de Ciência e Tecnologia. Mestrado em Administração da Tecnologia pela Vanderbilt University, TN (USA) e Especialização em Gestão da Tecnologia e em Cooperação Técnica Internacional pela FEA/USP. Possui graduação em Direito. Co-fundador e Diretor do Instituto de Pesquisas Tecnológicas de Blumenau (IPTB) e Pro-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Regional de Blumenau. Co-fundador do BLUSOFT - Pólo de Alta Tecnologia de Blumenau e seu Diretor Superintendente de 1994 a 1997. Criou o Programa de Pós-Graduação em Administração Stricto Sensu da Universidade Regional de Blumenau e Coordenou-o de 1995 a 2002. É co-autor de oito livros vários capítulos de livros e artigos de âmbito nacionais e internacionais. Atualmente é professor titular e pesquisador do Programa de Doutorado em Administração (PPGA/UNINOVE) e Coordenador do Programa de Doutorado Interinstitucional em Administração da Universidade Nove de Julho e Coordenador de Relações Internacionais do PPGA/UNINOVE. Como especialista em gestão de IES,tem atuado como consultor em Planejamento Estratégico de IES. Na área empresarial é pesquisador e consultor em Administração da Tecnologia, com ênfase em Inteligência Competitiva Tecnológica, Empreendedorismo Corporativo e Inovação.

Antonio Marcos Vivan, UNINOVE - Universidade Nove de Julho

Doutorando PPGA/UNINOVE

Universidade Nove de Julho

José Eduardo Storopoli, Doutorando PPGA/UNINOVE Universidade Nove de Julho

Doutorando PPGA/UNINOVE

Downloads

Publicado

2016-04-13

Edição

Seção

Artigos