Gestão da produção científica de uma rede de ensino superior brasileira: estudo de caso

Autores

  • Luciano Vicente Medeiros Universidade Estácio de Sá
  • Valéria Goytacazes Coutinho Universidade Estácio de Sá
  • Renato Paes de Souza Universidade Estácio de Sá

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2016v9n1p82

Palavras-chave:

Administração da educação superior, Gestão do conhecimento, Nexo ensino e pesquisa

Resumo

O presente trabalho apresenta procedimento utilizado para acompanhamento da atividade de pesquisa em uma rede de Educação Superior com 35 Instituições operando em 82 campi e 49 municípios. A metodologia utilizada recolhe, sistematizadamente, informações a respeito da produção científica dos docentes. O indicador, Índice de Produtividade em Pesquisa (IPP), pondera o quantitativo de selecionados tipos de publicação científica e orientações de alunos em um espaço de tempo. A extensão deste conceito para Curso e Instituição de Ensino se obtém a partir da média de uma parcela predeterminada dos mais elevados IPPs. O percentual de docentes com IPP diferente de zero reflete o grau de disseminação da pesquisa, definido como Nível de Envolvimento em Pesquisa (NEP). Este procedimento localiza níveis de excelência em pesquisa, identifica necessidades de correções de rumo e otimiza recursos destinados à pesquisa. A aplicação desta metodologia consecutivamente por cinco anos, sua incorporação às práticas de gestão e a periódica divulgação de resultados se revelaram como um eficiente mecanismo para o desenvolvimento de seus projetos acadêmicos. A atividade de pesquisa, desde que conduzida em sintonia com o ensino, possui elevado potencial de impactar positivamente o processo educacional. Este trabalho apresenta uma contribuição para a gestão da atividade de pesquisa.

Biografia do Autor

Luciano Vicente Medeiros, Universidade Estácio de Sá

Diretor de pesquisa aplicada Estácio. Eng. Civil e Mestre Eng. Civil PUC-Rio, Phd Eng. Civil Univ. Alberta Canadá, PD Eng. Civil Univ. Ottawa Canadá. Na PUC Rio de 1972 a 2002 Prof. Depto. Eng. Civil, Diretor Depto. Coord. PG Eng. Civil Coord. Central Proj. Patrocinados. Na Univ. Estácio de Sá de 1993 a 1997 Vice-Reitor. De 2007 a atual VR PG, Reitor e Diretor Pesquisa Aplicada. Na Univ. Castelo Branco de 1997 a 2000 VR Acadêmico. Na Universidade José de Souza Herdy UNIGRANRIO 2000-2002 Assessor Reitoria. Na Univ. Gama Filho VR Acadêmico de 2002 a 2007 VR Acadêmico. Membro Comissão de Especialistas Ensino de Engenharia MEC SESu de 1996 a 2003. Membro Comissão Exame Nacional de Cursos Eng. Civil INEP de 1997 a 2003. Pesquisador em Geotecnia nas áreas Argila Mole, Escavações a Céu Aberto, Modelagem de Solos e Solos Reforçados. Na REDETEC membro do Conselho Diretor de 2013 a 2015. Pesquisador I B CNPq de 1981 a 1989. 

 

Valéria Goytacazes Coutinho, Universidade Estácio de Sá

Pós-graduação  Lato Sensu em Gestão e Estratégia Empresarial pela Universidade Gama Filho (2012). Pós-graduação  Lato Sensu em  Gestão de Recursos Humanos e Reengenharia pela Universidade Cândido Mendes (2001), Graduação em Administração pela Universidade Gama Filho (2005). Graduação em Secretariado Executivo pela Universidade do Grande Rio Prof. José de Souza Herdy (2000). Atualmente é Analista de Pesquisa Sênior na Diretoria Corporativa de Pesquisa da Estácio Participações S/A. Entre 2001 e 2013 na Universidade Gama Filho professora, Assessora da Pró-Reitoria de Humanidades e Ciências Sociais, responsável operacional do Programa Institucional de Monitoria - PIM, membro da Comissão Interna de Avaliação Institucional. 

Renato Paes de Souza, Universidade Estácio de Sá

MBA em Gerência Estratégica de Redes de Computadores pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ (2006), MBA em Estratégia e Gestão Empresarial pela Universidade Gama Filho - UGF (2004), Graduação em Gestão da Tecnologia da Informação pela Universidade Gama Filho - UGF (2007) e Graduação em Administração de Empresas pela Universidade Gama Filho - UGF (2002). Atualmente é Assessor da Diretoria Corporativa de Pesquisa da Estácio Participações S/A. Entre 1997  e 2008 na Universidade Gama Filho responsável pela supervisão e apoio administrativo aos Programas de Pós-Graduação (Stricto Sensu), com atribuições junto aos órgãos de fomento (CAPES, CNPq, FAPERJ, FUNADESP, etc.), e das atividades do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC.




Downloads

Publicado

2016-04-13

Edição

Seção

Artigos