Competências empreendedoras em Instituições de Ensino Superior: estudo de caso

Ana Lucia Ferraresi Schmitz, Edis Mafra Lapolli

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2012v5n2p111

 

Esta pesquisa teve como foco identificar as competências empreendedoras na Universidade Técnica de Lisboa (UTL), que possui uma estrutura organizacional compartimentada em faculdades e institutos, caracterizando-se como organização burocrática e hierarquizada, onde, o empreendedorismo torna-se um desafio para seus membros docentes, investigadores e gestores. Para o caminho metodológico desta investigação adotou-se estudo fenomenológico e pesquisa de campo, com abordagem qualitativa, em que a discussão do assunto e a forma do desenvolvimento são novas e originais, contando com revisão sistemática orientada pelo Cochrane Handbook, realizada no Portal da Capes. Na pesquisa de campo, adotou-se o método de entrevistas presenciais semiestruturadas com foco em comportamento. Consideraram-se, nas informações obtidas pelos entrevistados e as descrições com os detalhes do comportamento. Essas informações permitiram o conhecimento das competências empreendedoras exercidas para alavancar o  Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), que tem se mantido como um dos diferenciais da UTL e para a própria sociedade portuguesa.


Palavras-chave


Competências empreendedoras; Empreendedorismo; Instituição de Ensino Superior

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2012v5n2p111

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, ISSN 1983-4535, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista GUAL, encaminhe um e-mail para revistagual@gmail.com.

 This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.