Os fatores de motivação na definição de estudantes estrangeiros em mobilidade acadêmica internacional no Brasil

Claudia Cristiane dos Santos Silva, Manolita Correia Lima, Viviane Riegel

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n3p232

Na intenção de ampliar os estudos a respeito da mobilidade acadêmica e suas diversas expressões, esse artigo tem por objetivo compreender os diferentes fatores de motivação no processo de definição por estudantes estrangeiros, para um período de estudos em outro país. Compreender os fatores que podem influenciar essa escolha, no contexto da mobilidade espontânea, no que concerne ao país de destino, passa por analisar aspectos pessoais e acadêmicos, assim como a possível relevância da imagem de destino, resgatando os elementos que compõem a imagem desse lugar. Considerando essa demanda, foi realizado um estudo de caráter exploratório, cujo material empírico coletado por meio de entrevistas semi-estruturadas foi analisado a partir da orientação das categorias de motivação. Os resultados revelaram que não há um componente padrão que oriente a escolha do destino, mas uma interação entre os diferentes aspectos, incluindo os elementos que compõem a imagem do país.


Palavras-chave


Internacionalização do ensino superior; Mobilidade acadêmica internacional; Motivações; Imagem do destino

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n3p232

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, ISSN 1983-4535, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista GUAL, encaminhe um e-mail para revistagual@gmail.com.

 This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.