Lojas de Artigos Evangélicos: uma pesquisa sobre consumo religioso

Autores

  • Emerson Giumbelli UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Resumo

O texto trata de um aspecto ainda pouco estudado da já bastante discutida expansão evangélica em nosso país: aquele que envolve a existência de um mercado de artigos religiosos. O objetivo é apresentar alguns resultados de uma pesquisa realizada junto a estabelecimentos que comercializam “artigos evangélicos". Assim como freqüentam templos, os evangélicos podem freqüentar um estabelecimento comercial, juntando à sua condição de fiel a de consumidor. Em diferentes graus de profundidade, observações foram feitas nesses estabelecimentos. Com esses dados é possível refletir sobre como se concebem e como se organizam esses estabelecimentos, tendo como problema central a relação entre o comercial e o religioso. Ao mesmo tempo, permitem traçar um perfil geral (ainda que não estatisticamente representativo) de seus clientes e uma caracterização de sua relação com os estabelecimentos e com os objetos neles comercializados.

Biografia do Autor

Emerson Giumbelli, UFRJ

Possui graduação em Ciencias Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992), mestrado e doutorado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995 e 2000). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro, atuando no Departamento de Antropologia Cultural e no Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia, ambos no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais. É co-editor da revista Religião e Sociedade. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Teoria Antropológica e Antropologia da Religião, atuando principalmente nos seguintes temas: religião, espiritismo, ensino religioso, pentecostalismo e modernidade.

Downloads

Publicado

2005-01-01

Edição

Seção

NÚMERO 2: Artigos