A exaltação do espetáculo no Linha Direta

Michele Negrini

Resumo


 

Na atualidade, a espetacularização é presença constante na televisão e um dos notáveis ingredientes da programação midiática. A espetacularização e a dramatização fazem parte de uma diversidade de programas que constam na grade de jornalismo das emissoras, entre eles o Linha Direta da Rede Globo. O objetivo deste artigo é refletir sobre a espetacularização midiática, com foco na observação da forma como a morte, criminosos e vítimas são apresentados no Linha Direta. Como objeto, verificamos cinco edições do programa, que foram ao ar durante os meses de outubro e novembro de 2004. Não foram levadas em consideração as edições especiais do Linha Direta Justiça. O artigo tem como eixo algumas idéias básicas da análise do discurso de linha francesa.


Palavras-chave


Espetacularização; Jornalismo televisivo; Morte; Criminosos; Vítimas; Spectacularization; Televisive journalism; Death; Criminals; Victims

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2008v5n1p75

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons