Hipólito da Costa e seu tempo

Lavina Madeira Ribeiro

Resumo


 

O Correio Braziliense, de Hipólito da Costa, difundiu os princípios de formação da esfera pública política brasileira, de inspiração iluminista e liberal. Sua estrutura antecipa em seis a sete décadas um padrão de jornalismo, por um lado, com ambições financeiras e empresariais e, por outro, com o desenvolvimento de gêneros não apenas opinativos, mas também informativos, publicitários e uma diversidade considerável de práticas editoriais não apenas no campo político, como também no cultural (artístico, científico e filosófico).


Palavras-chave


Hipólito da Costa; Correio Braziliense; Jornalismo; História; Política

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2008v5n2p27

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons