Mr. Da Costa contra a facção gálica no Brasil

Autores

  • Luís Francisco Munaro Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-6924.2008v5n2p41

Palavras-chave:

Correio Braziliense, Jornalismo, História

Resumo

 

Este trabalho busca investigar, a partir da confrontação e sistematização dos principais temas, propostas e argumentos utilizados no Correio Braziliense, as noções políticas centrais presentes nos quatro primeiros volumes do jornal (1808-1810). A doutrina do Correio, de caráter fundamentalmente prático, tinha como intuito orientar a ocupação do Brasil pela Corte portuguesa, o que fazia mister reunir os esforços nacionais em torno do ideal comum de forjar um Estado nacional. Para tanto, urgiu o jornal combater as tendências contrárias a essa proposta, os partidos, e ressaltar as favoráveis, as idéias liberais e patrióticas. À leitura do Correio procede a ordenação dos argumentos, em geral tributários do pensamento político pombalino, em torno de duas principais vertentes políticas, uma francesa e outra inglesa.

Biografia do Autor

Luís Francisco Munaro, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduação em História pela Universidade Estadual do Centro-Oeste, Brasil(2008).

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

2009-05-30

Edição

Seção

Núcleo Temático