Webjornalismo participativo como estratégia de legitimação

Eugenia Mariano Barichello, Luciana Menezes Carvalho

Resumo


 

Este artigo propõe uma reflexão sobre as práticas do webjornalismo participativo e a questão da auto-referencialidade enquanto estratégia de legitimação do campo jornalístico. Divide-se em três partes: a primeira aborda o fazer jornalístico, situando-o sob as lógicas da sociedade dos meios e da midiatização; a segunda aproxima as noções de webjornalismo participativo e auto-referencialidade para discutir a adoção destas práticas de exteriorização do fazer jornalístico. Finalmente, são colocadas algumas questões sobre o que esses fenômenos de abertura do campo podem representar em termos de legitimação/deslegitimação do próprio jornalismo enquanto instituição.


Palavras-chave


Webjornalismo participativo; Auto-referencialidade; Estratégias de comunicação; Midiatização; Legitimação; Participative web journalis; Self-referentiality; Communication strategies; Mediatisation; Legitimacy

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2009v6n1p175

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons