A (im)pertinência da denominação “jornalismo literário”

Vitor Necchi

Resumo


 

Este texto busca evidenciar o espaço que as discussões em torno do gênero jornalismo literário vêm ocupando no Brasil nos primeiros anos do século 21. Ao mesmo tempo, apresenta uma breve tematização do fenômeno, com ênfase para o “novo jornalismo”, e uma conceituação da prática no que se refere à formulação de pautas, à apuração e à escrita. Ao final, discute a eficácia da denominação mais recorrente e propõe o desenvolvimento de um debate em torno da pertinência ou não da tradicional expressão “jornalismo literário”, além de sugerir a adoção da forma “jornalismo narrativo”.


Palavras-chave


Jornalismo literário; Novo jornalismo; Reportagem; Jornalismo narrativo; Literary Journalism; New Journalim; Newspaper report; Narrative journalism

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2009v6n1p99

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons