Sedimentação, erosão, abalos e erupção de imagens: Reprodução e transformação de representações sociais na narrativa jornalística

Ivan Paganotti

Resumo


 

O artigo propõe um entrelaçamento entre a análise de discurso crítica de Fairclough, a teoria das representações sociais de Moscovici e a semiosfera de Lotman. Sugere-se classificar a construção de sentido textual presente em narrativas jornalísitcas como reprodução (a “sedimentação” de estereótipos), dúvida (a “erosão” de pressupostos), negação (“abalos” nas bases da semiosfera) ou criação (“erupções” de novas idéias) de representações sociais.


Palavras-chave


Representações sociais; Narrativa jornalística; Identidade; Social representations; Journalistic narrative; Identity

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2009v6n2p189

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons