Jornalismo digital e colaboração: sinais da des-re-terriotorialização

Vivian de Carvalho Belochio

Resumo


 

Este artigo define o território jornalístico institucionalizado e discute a sua transformação nas redes digitais. O texto define a cauda longa da informação, o Pro-Am e destaca as estratégias comunicacionais do jornalismo nesse contexto. Em seguida, expõe aspectos apurados num estu-do de caso de Zero Hora.com, interpretados como sinais da des-re-territorialização no jornal digital.


Palavras-chave


Jornalismo digital; Des-re-territorialização; Pro-Am; Cauda longa; Zero Hora.com

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2009v6n2p203

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons