O Pro-Am como estratégia jornalística no Twitter: apontamentos para discussão

Autores

  • Vivian de Carvalho Belochio Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Gabriela da Silva Zago Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-6924.2010v7n2p413

Palavras-chave:

Jornalismo digital, Jornalismo colaborativo, Pro-Am, Twitter

Resumo

 

Este trabalho tem por objetivo discutir as possibilidades do movimento Pro-Am como estratégia jornalística no Twitter. O estudo tem caráter exploratório e toma como base para a discussão as diferentes manifestações do jornal digital Zero Hora.com no microblog. Foram percebidas práticas que apontam para a colaboração entre amadores e profissionais na construção e na circulação de notícias, demonstrando indícios de que o Twitter pode vir a se integrar ao processo jornalístico como um todo.

Biografia do Autor

Vivian de Carvalho Belochio, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Comunicação e Informação pela UFRGS. Bolsista CAPES. Jornalista, mestre em Comunicação Midiática pela UFSM. Membro do Grupo Jornalismo Digital da UFSM e do Laboratório de Interação Mediada por Computador (LIMC/UFRGS).

Gabriela da Silva Zago, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGCOM/UFRGS). Bolsista CAPES. Membro do Laboratório de Interação Mediada por Computador (LIMC).

 

Downloads

Publicado

2010-09-30

Edição

Seção

Temas Livres