Narrando Escândalos: Eleições, Campo Jornalístico e Drama Político

Carlos Peres de Figueiredo Sobrinho

Resumo


 

Este estudo propõe uma análise dos modelos narrativos utilizados pelos jornais Diário de Pernambuco e Jornal do Commercio na produção de notícias veiculadas acerca de um escândalo político ocorrido durante as eleições municipais de 2004 no Recife, envolvendo os partidos PMDB e PT e seus respectivos candidatos. Partimos do principio de que as estruturas narrativas, em alguns pontos similares às utilizadas na literatura, utilizadas pelos profissionais do campo jornalístico, ao dramatizarem os acontecimentos e transformarem os envolvidos no conflito em personagens vão de encontro ao mito da objetividade sustentado pela ideologia profissional do jornalismo, que enxerga as notícias como um espelho fiel da realidade.


Palavras-chave


Narrativa; Jornalismo; Escândalo político

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2011v8n2p373

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons