John Stuart Mill e as sociedades da informação: Liberdade de imprensa, Estado e opinião pública

Alexandre Antônio Nervo

Resumo


 

Este artigo pretende introduzir alguns conceitos acerca da formação de opinião pública e relacioná-los com o campo da comunicação social na atualidade. Serão tomados, como referencial teórico, os pressupostos do filósofo e economista inglês John Stuart Mill, a partir da leitura das obras Sobre a liberdade (1859) e Considerações sobre o governo representativo (1861). Partiremos de exemplos colhidos em realidades hodiernas, onde a estabilidade social encontra-se centrada na gerência do fluxo de informação (sociedade da informação), a fim de discutirmos o impacto da mídia massiva no livre exercício da opinião individual e nas condições de governabilidade locais.


Palavras-chave


John Stuart Mill; Sociedade da Informação; Opinião Pública

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2011v8n2p521

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons