O desafio da produção de conteúdos noticiosos multimídia no cenário da convergência: a experiência dos repórteres do Diário Catarinense

Alexandre Lenzi

Resumo


 

Antes mesmo de ser um consenso entre os teóricos, a adaptação de redações em busca de uma equipe multimídia vive experiências concretas. Acompanhando o ritmo dos grandes jornais nacionais, o Diário Catarinense, veículo do Grupo RBS com sede em Florianópolis (SC), aparenta estar disposto a rever as rotinas de produção em busca de adequação ao novo cenário do jornalismo digital. Este trabalho pretende mostrar como os repórteres da versão impressa do DC estão lidando com este processo na prática e na teoria, apontando o que os profissionais reconhecem como exemplos de exercícios multimídia e os desafios enfrentados para sua execução no dia a dia. As entrevistas com 27 repórteres foram realizadas entre o segundo semestre de 2010 e o primeiro de 2011, seguidas por conversas com os profissionais que ocupavam na época os cargos de editores-chefe do jornal e do site. Entre os problemas apontados nesta fase de adaptação, aparecem a limitação de conhecimentos técnicos, a falta de tempo e a dificuldade de fazer mais de uma coisa simultaneamente. Como resposta, a direção do DC anunciou uma rodada de treinamentos e a mudança para um novo prédio, planejado para integrar as redações on e off, no final de 2011.


Palavras-chave


Jornalismo digital; Reportagem multimídia; Hipermídia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2012v9n1p93

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons