Jornalismo de Saúde: Prevenir ou Remediar?

Autores

  • Emiliana Sofia Gomes Centro de Estudos em Comunicação e Sociedade

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-6924.2012v9n2p340

Palavras-chave:

Comunicação em saúde, prevenção, fontes de informação, Health Communication, prevention, sources of information

Resumo

 

Neste artigo trabalhou-se o tema da prevenção na imprensa portuguesa, procurando-se responder à seguinte questão de partida: “Até que ponto os artigos de saúde dos jornais Público, Jornal de Notícias e Expresso revelam um papel de prevenção por parte destes meios de comunicação?”.O estudo revelou que poucos são os textos publicados com o intuito de prevenir a doença e promover a saúde, registando-se apenas 43 artigos preventivos num universo de 1890 textos publicados sobre saúde. O trabalho comprovou também a existência de um perfil estereotipado da fonte de informação em saúde.As questões da Comunicação em Saúde, Promoção da Saúde e Educação para a Saúde são os alicerces que permitiram estudar a prevenção no campo da saúde.

Biografia do Autor

Emiliana Sofia Gomes, Centro de Estudos em Comunicação e Sociedade

Mestre em Ciências da Comunicação na vertente Informação e Jornalismo. Foi colaboradora do projeto "A Doença em Notícia" e é, atualmente, bolseira de investigação no projeto "Estação NET", do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho.

Downloads

Publicado

2012-10-07