A cobertura televisiva nos programas que unem entretenimento e informação: estudo do quadro Proteste Já do CQC

Paula Regina Puhl, Aline Streck Donato

Resumo


 

A finalidade dessa discussão é verificar como é apresentada a cobertura jornalística em programas de televisão que unem informação e entretenimento. Dessa forma, será analisado o quadro Proteste Já do programa CQC, da Rede Band de Televisão, do mês de agosto de 2011. A escolha justifica-se por apresentar critérios de noticiabilidade. Acredita-se que esses novos formatos de programas que unem diferentes gêneros influenciam na produção da cobertura televisiva que se utiliza de recursos como a opinião e a proximidade entre jornalista e fonte. A cobertura é caracterizada pelo modo de atuação do repórter na condução da reportagem e também da legitimação da sua fala a partir de recursos videográficos. O artigo discute até que ponto programas com essas características realizam uma cobertura seguindo os preceitos do jornalismo.


Palavras-chave


cobertura televisiva; telejornalismo; infotainment; TV media coverage; telejournalism; infotainment

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2013v10n2p362

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons