A Coluna do Castello: da instabilidade política à repressão do AI 5

Maria de Jesus Daiane Rufino Leal

Resumo


 

A Coluna do Castello, publicada no Jornal do Brasil de 1963 a 1993, constitui o espaço jornalístico de maior longevidade da imprensa nacional. Na coluna, o jornalista Carlos Castello Branco fazia relatos informativos, análises e previsões sobre os rumos da política nacional. Este artigo estuda, com base em análise de conteúdo, teoria dos gêneros jornalísticos e perspectiva histórica, os textos publicados na Coluna do Castello na fase inicial da Ditadura Militar no Brasil (de 1963 a 1967), compreendendo a preparação e o Golpe de 1964 e a fase de repressão mais forte contra a imprensa (de 1968 a 1973), com a decretação do Ato Institucional nº5. 

 


Palavras-chave


Coluna do Castello; Jornalismo; Ditadura

Texto completo:

artigo


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2014v11n1p132

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons