O futebol-arte na imprensa nacional: a construção de um estilo de jogo

Fernandes Ribeiro Mostaro

Resumo


 

Nosso objetivo neste trabalho é realizar um panorama crítico das narrativas encontradas na imprensa nacional sobre o futebol-arte. O recorte temporal estabelecido é da Copa do Mundo de 1938, quando acreditamos ter nascido a ideia de futebol-arte, até a Copa de 1970, que seria a consolidação deste estilo. Partimos do entendimento de que a ideia de um estilo distinto de praticar o futebol foi edificado em densas narrativas que tiveram como pano de fundo a questão da mestiçagem e a identidade nacional construída nos anos 1930. O potencial mobilizador do futebol e sua importância na nossa sociedade teriam plasmado a representação do futebol-arte como algo tipicamente nacional. Recorreremos aos jornais O Globo, Jornal do Brasil e A Noite para investigar tal questão.  


Palavras-chave


imprensa; futebol-arte; copas do mundo; identidade

Texto completo:

artigo


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2014v11n2p354

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons