Reconfigurações do jornalismo: das páginas impressas para as telas de smartphones e tablets

Maíra de Cássia Evangelista de Sousa

Resumo


 

Assim como a sociedade, o jornalismo também passa por reconfigurações. Com a emergência das tecnologias digitais no século XX, empresas jornalísticas precisaram se adaptar e investir em novos produtos, a fim de conquistar novos públicos e manter o antigo, concomitantemente. De cunho teórico, este artigo busca discutir as reconfigurações pelas quais o jornalismo tem passado desde a emergência das tecnologias digitais, com ênfase nos dispositivos móveis, considerando o atual processo de convergência, e consequentemente, a distribuição de conteúdo em multiplataformas. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica. 


Palavras-chave


Paradigmas jornalísticos; Convergência jornalística; Dispositivos móveis

Texto completo:

artigo


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2015v12n1p43

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons