“No espaço midiático digital, o indivíduo está bêbado de si mesmo”

Laerte José Cerqueira

Resumo


De fala pausada, com papel e caneta para fazer anotações enquanto conversa, o professor de Ética em Barcelona, Carlos Miguel Ruiz Caballero, é daqueles otimistas críticos. Traz nas suas reflexões o  tom pontiagudo para alertar, abre-se aos próprios questionamentos e recorre às referências literárias para estabelecer pontes que o ajudam a refletir sobre o mundo. Caballero nasceu na ilha de Gran Canária (Espanha), em 1960, é doutor em Jornalismo pela Universidade Ramón Llull e professor titular da Faculdade de Comunicação e Relações Internacionais da Blanquerna, onde ensina Ética da Comunicação. De 1984 a 1994, trabalhou como jornalista em vários meios de comunicação, é coautor de La vuelta de la vuelta (Empúries, 1985) e publicou os livros La agonia de el cuarto poder (Trípodos, 2008) e Ética de la audiencia (Graite, 2003). Em 2014, foi ganhador do Prêmio de Ensaio Josep Vallverdú.


Palavras-chave


Jornalismo; Ética; Internet

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2018v15n1p165

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons