O uso da LAI por jornalistas: uma análise de requerentes, pedidos e respostas

Autores

  • Francisco Eduardo Gonçalves Universidade de Brasília (UnB)
  • Isa Coelho Stacciarini Universidade de Brasília (UnB)
  • Solano Nascimento Universidade de Brasília(UnB)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-6924.2018v15n2p130

Palavras-chave:

Lei de acesso à informação, Jornalismo, Transparência

Resumo

Trata o artigo do resultado da análise de todas as solicitações feitas por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI) por requerentes identificados como jornalistas em 2017. Foram apresentados 3.386 pedidos por 856 jornalistas, sendo 72,21% atendidos. O estudo mostra que jornalistas têm feito uso efetivo da LAI no Brasil para obter informações. Mas a maior parte apresentou apenas um pedido. Há um grupo reduzido que já fez da LAI uma ferramenta de uso contínuo na apuração ao longo do ano de 2017.



Biografia do Autor

Francisco Eduardo Gonçalves, Universidade de Brasília (UnB)

Mestrando da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília. E-mail:fleali68@gmail.com

Isa Coelho Stacciarini, Universidade de Brasília (UnB)

Doutoranda da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília. E-mail: isacoelho2@gmail.com


Solano Nascimento, Universidade de Brasília(UnB)

Professor Doutor do Departamento de Jornalismo da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília. E-mail: nascimento@unb.br

Downloads

Publicado

2019-01-16