Das ruas para a mídia: o assassinato de uma mulher em situação de rua no Rio de Janeiro e seu enquadramento midiático

Autores

  • Luciane Leopoldo Belin Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Paraná (PPGCOM/UFPR)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-6924.2019v16n1p133

Palavras-chave:

Enquadramento, Crítica de mídia, Estigma, População em situação de rua, Mulher

Resumo

A população em situação de rua é um grupo populacional costumeiramente ignorado pela mídia na maior parte do tempo, exceto pelas situações em que um fato relacionado à mesma atrai os olhares do público. Foi o que aconteceu em 2017, quando uma mulher em situação de rua chamada Fernanda Rodrigues dos Santos foi morta em Copacabana, no Rio de Janeiro. A partir de um aporte teórico-metodológico fundamentado na teoria do enquadramento, com uma análise realizada em duas etapas técnicas – a primeira, que isola os quadros das notícias e a segunda, que analisa as palavras-chave de 25 textos que compõem o corpus de pesquisa –, este artigo se propõe a descrever os elementos que delineiam o enquadramento da cobertura midiática sobre o assassinato e a inferir se os mesmos são organizados de forma a construir uma apresentação estigmatizada da mulher ou a desenvolver enquadramento equilibrado do caso. Como resultado da análise, percebe-se a presença de quadros como as fontes de informação, caracterização da vítima e dos perpetradores, justificativas para o crime, presença tímida das perspectivas de gênero e de contexto social, bem como destacam-se quatro grupos de classes de palavras-chave que reforçam a pobreza deste último aspecto.

Biografia do Autor

Luciane Leopoldo Belin, Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Paraná (PPGCOM/UFPR)

Jornalista e Mestre em Comunicação pelo Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Paraná (PPGCOM/UFPR). E-mail: lucianebelin@gmail.com

Referências

AGÊNCIA Brasil. Disponível em: <https://bit.ly/2P2gXIM>. Acesso em: 11/08/2018

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Pesquisa Nacional sobre a população em situação de rua. Disponível em: <https://bit.ly/2P2TabG>. Acesso em 11/08/2018.

BUTLER, Judith. Quadros de Guerra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

ENTMAN, Robert M. Framing: Toward Clarification of a Fractured Paradigm. Journal of Communication, 1993, pg. 51-58.

GOFFMAN, Erving. Estigma. Notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: LTC, 2008

INSTITUTO Nacional de Pesquisa Econômica Aplicada. Relatório do I Encontro Nacional sobre População em Situação de Rua. Disponível em: <https://bit.ly/2xLyuyI>. Acesso em: 11/08/2018

MENDONÇA, Ricardo Fabrino. SIMÕES, Paula Guimarães. Enquadramento: Diferentes operacionalizações analíticas de um conceito Revista Brasileira de Ciências Sociais. Vol. 27, nº 79. Junho de 2012.

ROTHBERG, Danilo. O conceito de enquadramento e sua contribuição à crítica de mídia. In: CHRISTOFOLETTI, R. Vitrine e vidraça: crítica de mídia e qualidade no jornalismo. Covilhã: Labcom Livros, 2010, p. 53-68.

Downloads

Publicado

2019-07-09

Edição

Seção

Núcleo Temático