Representação das emissoras regionais na grade nacional de programação das redes de televisão

Estela Kurth

Resumo


Mais do que um conjunto de emissoras, as redes nacionais de televisão são uma instituição autônoma. Elas organizam os espaços de participação das afiliadas e de auto-representação das culturas regionais, criando uma programação que configura idealmente a unidade nacional. Tomando-se como campo de investigação a Rede Brasil Sul de Televisão, em Santa Catarina, é possível perceber como a estrutura técnico-operacional e a linha editorial apóiam o controle e delimitam a produção jornalística regional dentro da programação nacional.

Palavras-chave


Televisão; Afiliadas; Auto-representação; Television; Afiliates; Self-representation

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons